segunda-feira, 16 de maio de 2011


E de repente já não era mais possível
fingir nem fugir....

Nenhum comentário: