segunda-feira, 13 de junho de 2011


A carne é fraca, não sou de lata
O corpo pede eu vou obedecer
É meu instinto tudo o que sinto
Eu vou em busca do que dá prazer
Me deixei levar
Ah foi de momento não foi sem querer
Percebi no ar
Aquele cheiro que vem pra me enlouquecer
Sem me controlar
Te pego, te abraço, te beijo na boca
Você se segurando me diz não ser louca...


Marcos e Belutti

Nenhum comentário: