quinta-feira, 16 de junho de 2011

 
“Quero aproveitar a sensação de aconchego do seu abraço,
quero embolar nossos cílios, nossos dedos num beijo demorado,
sentir sua respiração chamando meu nome,
quero seus olhos me acariciando quando acordo
e acima de tudo quero sua alma de mãos dadas com a minha... 
Não somos metades que se completam, somos dois inteiros que se somam.”

Nenhum comentário: