terça-feira, 2 de agosto de 2011

 


Há vezes em que o carinho, o querer bem,
 o sorriso, a vontade de ficar perto, vem antes de tudo.
E um sentimento, tão leve, vem antes das palavras...
Simplesmente se adianta, pede pra ser,
mudando a ordem natural das coisas.
 É como chegar em casa para arrumar a festa
e já encontrar os convidados sorrindo!
E como é engraçado e assustador tudo isso...
Porque é um querer bem que embaraça, que deixa qualquer um desajeitado.
Sabemos e não sabemos lidar com isso... Pelo menos, eu não sei...
É uma verdade que não se acomoda, que incomoda,
viramos os olhos, sorrimos com rapidez,
escapamos como se estivéssemos fazendo alguma coisa de errado...
e não há nadaaaaaaa de errado nisso.
Não é por mal, nem por querer mal, é apenas por se querer bem,
mais do que bem!
Uma vez escrevi que não estamos acostumados
a esse sentimento despalavreado,
sem muito "porque" ou explicação,
sem necessidade alguma de nada...
...Ou com necessidade de tudo rs
Tão complicados somos nós que não conhecemos essa forma de existir...
Disfarço, desconverso, desato, pra esconder esse desassossego íntimo
 depois de uma sacudida súbita.
 Nunca vi gostar sem razão, sem conhecimento,
sem entendimento, sem esperar nada...
Mais aconteceu... e de tudo isso só posso
afirmar e reafirmar:
Mesmo com toda sua instabilidade, que me deixa louca...
ainda acredito que vale a pena!!

Nenhum comentário: