quarta-feira, 17 de agosto de 2011




Que tens, menino triste?
O dia tá lindo e quente...
Que sonho escuro que viste
Pra ficar tão descrente?

Nenhum comentário: